Ripple revela acordo revolucionário

A empresa de blockchain Ripple, sediada em São Francisco, anunciou oficialmente a aquisição da Standard Custody, uma plataforma regulamentada especializada em ativos digitais.

Esta aquisição faz parte da estratégia mais ampla da Ripple para cumprir as normas regulamentares, ao mesmo tempo que visa melhorar a sua gama de produtos e entrar em novos mercados.

A mudança mostra a tendência crescente de adoção institucional de blockchain e criptomoeda.

Através deste acordo, a Ripple pretende expandir sua coleção de licenças regulatórias, que já inclui uma BitLicense de Nova York e licenças de transmissão de dinheiro em quase 40 estados dos EUA.

Conformidade regulatória e expansão

Com a aquisição da Standard Custody, a Ripple deverá adicionar uma série de licenças regulatórias ao seu portfólio, enfatizando seu foco na conformidade dentro do cenário de ativos digitais em rápida evolução.

Este movimento estratégico tem como objetivo apoiar a crescente necessidade de soluções de blockchain e criptomoeda de nível institucional que sejam seguras, compatíveis e capazes de facilitar uma variedade de transações financeiras.

A integração das licenças da Standard Custody no quadro regulamentar da Ripple visa solidificar a posição da empresa no mercado e melhorar a sua capacidade de oferecer serviços de tokenização, armazenamento e transferência de valor.

Outras aquisições recentes

A abordagem de crescimento da Ripple inclui uma série de aquisições estratégicas, como a compra da Metaco e da Fortress Trust, que destacam a intenção da empresa de ampliar os seus serviços para além das suas principais soluções de pagamento.

Estas aquisições, juntamente com parcerias com instituições financeiras como HSBC, BBVA e Zodia Custody, fazem parte dos esforços da Ripple para manter a sua relevância e competitividade nos mercados globais de blockchain e criptomoedas.

Ao concentrar-se em pagamentos e serviços de custódia, a Ripple procura atender a uma ampla gama de jurisdições regulatórias e corredores de pagamento em todo o mundo.

2024-02-13 22:21