Binance acusado de três crimes graves pelo DoJ, incluindo conspiração

A Binance é acusada de três acusações criminais pelo DoJ dos EUA, incluindo conspiração, transmissão de dinheiro não licenciada e violações de sanções, já que o CEO Changpeng Zhao está preparado para se declarar culpado.

Binance, a maior bolsa de criptomoedas do mundo, foi atingida por três acusações importantes por parte do governo dos EUA. Estas acusações incluem conspiração, operação de um negócio de transmissão de dinheiro não licenciado e violação da Lei Internacional de Poderes Económicos de Emergência.

De acordo com várias fontes, hoje cedo, o CEO da Binance, Changpeng Zhao, concordou em se declarar culpado de acusações de combate à lavagem de dinheiro em um tribunal federal de Seattle. Zhao reside atualmente nos Emirados Árabes Unidos, país que não possui nenhum tratado de extradição com os Estados Unidos. No entanto, como é provável que Zhao esteja presente em Seattle, há especulações sobre se ele cumprirá alguma pena de prisão.

Também estou assistindo ao noticiário. Enquanto esperamos por um anúncio do DOJ, um lembrete: a criptografia não vai a lugar nenhum. Mas para criar uma criptoeconomia próspera nos EUA, precisamos de uma regulamentação clara e sensata para que os consumidores americanos tenham acesso a serviços criptográficos nacionais seguros. 1/4

— paulgrewal.eth (@iampaulgrewal)

As acusações contra a Binance foram reveladas em um tribunal federal do estado de Washington. Eles descrevem uma série de supostas violações que trouxeram um intenso escrutínio à bolsa de criptomoedas. A primeira acusação, conspiração, sugere um esforço deliberado da Binance para contornar as regulamentações dos EUA.

A segunda acusação envolve a operação de um negócio de transmissão de dinheiro não licenciado, levantando questões sobre a legalidade das transações financeiras da Binance. A terceira acusação, que viola a Lei dos Poderes Económicos de Emergência Internacional, indica potenciais violações das sanções dos EUA e das leis financeiras internacionais.

CZ e Binance alegadamente se declaram culpados de acusações criminais do DOJ. Nada surpreendente e conforme previsto. Changpeng Zhao supostamente apareceu e foi indiciado no tribunal federal de Seattle na tarde de terça-feira e declarou-se culpado, que incluía o pagamento de uma multa de US$ 50…

— John Reed Stark (@JohnReedStark)

Uma multa pesada para Binance

Em resposta a essas acusações, Zhao concordou em renunciar como parte do acordo, que também inclui uma multa total de US$ 4,3 bilhões paga pela Binance. Os promotores relataram que a Binance reconheceu que uma multa criminal adequada por suas violações é de aproximadamente US$ 1,81 bilhão. Essa multa faz parte do acordo judicial e a exchange pagará esse valor em até 15 meses após a sentença.

Além disso, a bolsa consentiu com uma ordem de confisco no valor de US$ 2,51 bilhões. Esta ordem de confisco representa uma ação legal em que a Binance entregará os ativos obtidos nas supostas atividades criminosas, totalizando o valor especificado de US$ 4,3 bilhões. Juntas, estas sanções financeiras constituem uma parte substancial do acordo e sublinham a gravidade das acusações contra a Binance.

Binance. Coisas que ainda não sabemos: — Quanto a Binance terá que pagar à SEC (além de US$ 4 bilhões ao DOJ/Tesouro)? — Quem será o novo CEO e CZ permanecerá como presidente? — CZ cumprirá pena de prisão? Notável que ele está vindo para solo dos EUA

— Jeff Roberts (@jeffjohnroberts)

Mais detalhes serão discutidos ainda hoje na conferência de imprensa do DoJ. Essa multa representa uma das maiores nesses casos, evidenciando a gravidade das denúncias contra a empresa.

Conforme a notícia foi divulgada hoje, o token BNB da Binance despencou 5%. Espera-se que a resolução deste caso tenha implicações de longo alcance para a indústria das criptomoedas, à medida que os governos em todo o mundo aumentam o seu escrutínio sobre as transações financeiras digitais.

2023-11-21 22:35